HISTÓRIA DO ESTILO FEI HOK PHAI

 

Grão-Mestre Chiu Ping Lok

CHIU PING LOK, como ficou conhecido no Brasil, nasceu em 19/11/1936, na Aldeia de Tung Chao Chun, local próximo a região montanhosa de Tai Shan, província de Guang Dong (Cantão), no Sul da China.

Aos quatro anos de idade, o pequenino Chiu foi iniciado nas práticas da tradicional arte marcial chinesa do Kung Fu, através dos ensinamentos de seu tio Chan Mun.

Cada distrito dispõe de um instrutor cuja finalidade é ensiná-la aos seus moradores, sendo, aliás, pago pelo próprio distrito. E foi assim que, aos oito anos de idade, Chiu Ping Lok iniciava seu aprendizado de Than Sai Sil,(pintura chinesa), Iâm Ngók (música) e K’ék. Ch’eong (teatro).     Apesar de sua pouca idade, praticava o Hung Tao Choy Mei Ka e fazia sua divulgação.

Aos 15 anos de idade, Chiu Ping Lok e sua família tiveram que sair da China por motivos políticos, passando a residir em Hong Kong. Começou a praticar outras modalidades de Kung Fu, os Estilos Hung Gar, Tai Chi Chuan e Yoga, o que contribuiu muito para sua formação.

Teve como mestre Chin Man Sin, que era amigo de seu tio. Chin, por sua vez, era cego e muito habilidoso na arte do Kung Fu. Devido a sua deficiência, desenvolveu a sensibilidade extra-sensorial e ensinou Chiu Ping Lok a aprimorar e refinar sua percepção.

Outros Mestres de destaque muito importantes no seu desenvolvimento foram Lam Fei Hung, Hui Sil Sin e Si Pak.

O Mestre林飛鴻Lam Fei Hung, conhecido como Tit Tao Hung (cabeça de ferro), ensinou a Chiu Ping Lok o Kung Fu Estilo Hung Ka. Em apresentações de rua, Lam Fei Hung demonstrava seu Qi Gong (força interna), entortando e desentortando três chapas de ferro, batendo-as contra a própria cabeça.

 

Com Hui Sil Sin, aprendeu Kung Fu Estilo Mo Ka (Punho de dragão) e Acupuntura. Já com o velho Si Pak, aprendeu Noi Kun (Estilo Interno), Sü Mei Kwan (Bastão longo rabo de rato) e Pa Kwa Kwan  (Bastão de oito diagramas).

 

 

Chiu Ping Lok também teve ao seu lado um outro amigo, que participava dos seus treinamentos, estudos e aperfeiçoamento, cujo o pai trabalhava em uma indústria cinematográfica local. Desta forma, o jovem Chiu pôde adquirir experiência em vários estilos e métodos de combate, treinando e atuando como figurante em alguns filmes chineses de artes marciais.

Aos 24 anos de idade, chegou ao Brasil em 1960, com a finalidade de seguir depois para os Estados Unidos, onde pretendia fixar residência junto de seus familiares, que lá passaram a viver.

Contando apenas com o apoio de um tio em terras brasileiras, o jovem chinês teve que superar o choque cultural entre os dois extremos do mundo. Com muita determinação, vontade de vencer e com a ajuda de amigos, aos poucos, Chiu Ping Lok foi superando as dificuldades com a linguagem e os costumes.

Com vasto conhecimento em artes marciais, adquirido ao longo dos anos vividos na China, em 1963, Mestre Chiu Ping Lok começou a dar aulas de Kung – Fu e Dança do Leão aos finais de semana no Centro Social Chinês no Bairro da Liberdade, somente para os chineses radicados em São Paulo. A partir daí suas qualidades como mestre foram mais fortes que as diferenças de etnia e nacionalidade.

 

Logo depois, Mestre Chiu Ping Lok começou o Kung Fu ao ensinar brasileiros, seus primeiros alunos foram: Jorge Pires faixa preta em Karatê, Airton Antônio Cardoso Filho entre outros.

 

Em 1969 fundou a primeira academia de Kung Fu, registrada no Brasil (Academia Tai Chi de Kung Fu e Yoga), na Rua Catequese nº 72, em Santo André – SP. Ao mesmo tempo, dava aulas no Clube dos Alemães na Vila Assunção.

 

Em 06 de junho de 1977, fundou a Associação Central Fei Hok Phai de Kung Fu Wushu do Brasil, com o objetivo de organizar e difundir o estilo em todo o país.

O Mestre Chiu Ping Lok foi o pioneiro da tradicional Dança do Leão, que faz parte da cultura milenar e do folclore chinês sendo o primeiro representante na América do Sul da INTERNATIONAL DRAGON AND LION DANCES ASSOCIATION LIMITED (Associação Internacional de Dança do Leão e Dragão Ltda.) no Brasil desde 1961.

 

Em 1980, inaugurou a atual sede da Academia Tai Chi e Yoga na Rua Santo André 662, com o prédio ainda em construção, dava aulas de Kung Fu na garagem ficando pronto em 1984. A partir de 1º de agosto de 1986, o prédio tornou-se também a sede da Associação Central Fei Hok Phai.

 

Teve ao seu lado o inseparável irmão e amigo Lee Way Yin, de 1986 a 1992 trabalhou intensamente com os mestres chineses Chan Kwok Wai, Li Wing Kay, Wong Shing Keung,Li Hong Key junto aos praticantes brasileiros mais antigos, com o objetivo de fundar a Federação Paulista de Kung-fu (FPKF) e a Confederação Brasileira de Kung-fu/Wushu (CBKW), a fim de organizar o ensino e a divulgação da arte marcial chinesa no Brasil.

 

 

 

 

 

 

 

 

Dentre todos os praticantes brasileiros formados Faixas pretas pelo Grão-Mestre destacam-se Airton Antônio Cardoso Filho e Jair Melo Lima, que se tornaram discípulos através da cerimônia do chá (BAISHI – 拜師學藝) e herdeiros legítimos da linhagem do Grâo Mestre Chiu Ping Lok.

 

Os alunos do Grão-mestre são famosos até hoje pelas demonstrações de Kung Fu, Dança do Leão e Dança do Dragão. O Estilo Fei Hok Phai Kung Fu conta com vários profissionais: Mestres, professores, instrutores e praticantes; além de atletas, competidores de alto nível e campeões mundiais. Dentre eles, destacam-se o professor Espedito Pantera, Campeão Mundial de sanda (Boxe Chinês), Mestre Jair Lima, Campeão de Kung Fu Tradicional Hung Tao Tchoi Mei Ka – Fei Hok Phai, além de vários outros campeões brasileiros, em todas as modalidades.

Por esse legado cultural chinês, em 1992, Mestre Chiu Ping Lok foi condecorado com a medalha João Ramalho, Comenda de mérito da Educação e Grã-Cruz Municipalista, outorgadas pela sociedade brasileira de Educação e Integração; e a Grã-Cruz da Soberana Instituição, outorgada pela Heráldica Ordem da Paz Universal.

Seu falecimento se deu em 22 de agosto de 2009 por motivo de doença. O Kung Fu brasileiro ficou órfão de um dos maiores mestres, incentivador e divulgador da arte marcial e da cultura chinesa. Segundo os costumes tradicionais chineses, deixou como seu sucessor principal o Mestre Jair Melo Lima, o primeiro dos mestres graduados no Estilo Fei Hók Phai em 1995; além dos mestres Valter Tadeu Ribeiro, Guilherme Eduardo Stamato, Maria Luiza Hourneaux, Cintia Yan, Aparecido Marrera, Valdemir Machado e Benedito B. Filho, professores e instrutores, formados pela Associação Central Fei Hok Phai Kung Fu do Brasil no ano de 2005.

 

 

 

Fundadores da escola Fei  Hók  Phai Kung Fu no Brasil

Grão Mestre Chiu Ping Lok              Mestre Lee Way Yin

 

巴西飛鶴派功夫

 

 

 

 

Segundo o Grão-Mestre Chiu Ping Lok, o Estilo Fei Hók Phai foi criado em 1961, tendo como fundamento cinco linhagens mais conhecidas do Kung Fu Chinês são elas:

洪家 ( Hung Ka)- fundado por Hung Hei Kung

劉家 (Lao Ka) – fundado por Lau Sam  Ngam

蔡家 ( Tchoy Ka )- fundado por Tchoy  Gau  Yee

莫家 ( Mok Ka)- fundado por  Mok Ching  Giu

 

( Observação: completar a relação dos katis e tui tchas tui tchas )

Os Estilos  HUNG TAO TCHOI MEI KA e HUNG KA formam a base, do Estilo  Fei Hok Phai.

Dividido em três níveis iniciante, Intermediário e avaçado o Kung Fu da escola FHP tem, além dos katis de mãos livres,armas curtas, médias e longas,  formas combinadas criadas pelo GR Mestre Chiu Ping Lok como métodos de aplicação e desenvolvimento de combate.

Pao Hok  Küne Pun Pin Lin Künformando uma composição harmoniosa de estilos, o tigre, a garça,o  leopardo e o dragão; encadeados entre si além das formas com bastão (Lin Wan Kwan), facão e facão simples e duplo (Tan Tou e Sean Tou), espada simples e espada dupla (Tan Kim e Sean Kim), lança de uma ponta  e lança de ponta dupla (Tan Tao Tcheang e Sean Tao Tcheang), armas articuladas – bastão de três sessões e corrente de nove segmentos (San Tie Kwan e Tan Pin), escudo com facão (Tan Pai Tan Tou), tridente ou garfo (Tai Pa), lança meia lua (Gin Ga Tcheang), facão de nove argolas  (Kao Wan Tou), Bastão Longo (Si Mei Kwan) e Flauta (Gan Siu), além das formas tradicionais do Fu Hok Sean Yen Kün, Kung Tz Fok Fu Kün e o Tai Chi do estilo Yang entre outros.

O FEI HOK PHAI pode ser traduzido como Escola da Garça em Voo, após o falecimento do Grão Mestre e do Mestre Lee Way Yin o estilo segue, tendo à frente os seguintes mestres formados  como representantes do Fei Hok Phai na Associação Central Chiu Ping Lok Fei Hok Phai Kung Fu Wushu do Brasil: São eles Mestre Jair o primeiro brasileiro do estilo a ser formado pelo Grão Mestre, Mestre ………

 

 

洪頭蔡尾家(Hóng Tóu Cài Wěi Jiā)       

O Hung Tao Tchoy Mei Ka tem como característica a cabeça ou início de Hung, e a cauda ou final de Tchoy,  as técnicas essenciais incorporam os movimentos poderosos de Hung Ka, com as posturas e os movimentos de chutes rápidos do Choy Ka Kung Fu, tornando-se uma forma muito efetiva  de ataque e defesa simultâneos.

HUNG-       – Sobrenome de Hung Hei Kung

TAO  -        - Início, começo, cabeça.

TCHOY-     – Sobrenome do mestre fundador de Tchoy Ka.

MEI     –      – Parte final, complemento

KA      –       – Casa, clã, família.

 

 

 

 

 

Estilos praticados pelo Grão Mestre Chiu Ping Lok e Mestre Lee Way Yin

 

Estilo

 

Mestre com quem treinou

 

em que ano treinou

 

Local

 

Hung Tao Tchoy Mei Ka

 

com o tio  Chian Mun

 

de 1942 a 1952

 

Tai San província de  GwanDong

 

Hung Ka

 

com Chin Man Sin

 

de 1945 a 1952

 

em  Tai San – GwanDong

 

MoKa

 

com Mestre Hui Sil Sin

 

de 1956 a 1960

 

em Hong Kong

 

Tai chi chuan Yang

 

com Mestre Hui Sil Sin

 

de 1956 a 1960

 

em Hong Kong

Noi Kung( Si Mei Kwan Pa Kwa Kwan)  

com Mestre Sin Pak

 

de 1958 a 1960

 

Hong Kong

Tai Chi Chuan Estilo Yang  

com Mestre Chen Man Qin

 

de 1968 a 1968

 

em New York City  E.U.A

 

Hung Ka

com o Mestre  Lam Fei Hung

( Tit Tao Hung cabeça de ferro)

e Tang Fong,

 

 

de  1953 a 1962

 

em Hong Kong

        

          Referências  sobre a genealogia do estilo Fei Hok Phai.

Em  2006, com o objetivo de definir de forma correta a genealogia do Fei Hok Phai Kung Fu, ao ser perguntado  ao Grão mestre Chiu Ping Lok , quem tinham sido os Mestres de seus  Mestres,   no  Hung Tao Choi Mei Ka, ele mencionou que, o mestre do tio dele chamava-se  Choy Man kau, mestre de Tchoy Lee Fut, Hung Ka e Hung Tao Tchoi Mei Ka campeão de dança do leão e muito famoso na província de Gwan Dong.

Ao perguntar sobre os seus mestres de Hung Ka, disse que, consideravam como seu primeiro mestre o Lam Fei Hung, e o mestre Tang Fong como seu foi  Sisok ( mestre tio). Ficando assim definido a verdadeira história da origem do estilo Fei Hok Phai.